Grande Valter, você gostaria de saber sobre o nascimento de Paulo? pois bem, o que encontrei sobre este assunto foi:

A primeira coisa que devemos compreender sobre o nascimento de Paulo é que ele era filho de Judeus. Seus pais eram judeus (At.22:3) (só não sabemos seus nomes – sabemos que ele tinha uma irmã [At.23:16]). Ele era judeu dos judeus. Procedia da mais importante tribo de Israel – a tribo de benjamim (Fp.3:4-5). Foi criado e educado dentro da fé judaica e era extramente zeloso nas tradições judaicas (Gl.1:14). Tanto é verdade que ele diz que foi circuncidado ao oitavo dia (Fp.3:5);

A segunda coisa, a saber, sobre o seu nascimento é que ele nasceu provavelmente no ano 1 DC. A maioria dos estudiosos colocam a data do nascimento de Paulo no ano 1 D.C. Champlin diz: “não se sabe qual ano de seu nascimento; porém, quando Estevam é apedrejado (que ocorre em cerca de 32 DC), lemos que Saulo era um jovem. É razoável supor, por conseguinte, que ele tenha nascido na primeira década do século I, sendo assim, um contemporâneo mais jovem de Jesus..”

A terceira coisa, a saber, sobre o seu nascimento é que ele nasceu na cidade de Tarso. Paulo nos fala do lugar aonde nasceu: diz ele: eu nasci em Tarso da Cilícia (At.22:3) Eu sou judeu, cidadão de Tarso, cidade importante da Cilícia (At. 21:39).
Agora, Paulo, faz questão de dizer que é de Tarso uma cidade importante porque Tarso era a capital da Cilícia – a cidade mais importante – Tarso era um centro comercial e cultural;O Dr Carson e Leon Morris diz que Tarso era a principal cidade da Cilicia (At.21:39), uma região no extremo sudeste da Ásia Menor. Nos dias de Paulo a cidade era a capital da província Romana da Síria-Cilicia. Era uma cidade prospera, privilegiada (era isenta da tributação romana) culta, sendo famosa pelas escolas (universidade;Veja também que Paulo faz questão em dizer que é um cidadão de Tarso. Isso fazia dele um cidadão romano (At.22:27). Por ter nascido em uma província romana, Paulo herdou o título de cidadão romano por direito de nascimento (At.22:28). Perceba então que mesmo sendo um filho de judeu, era um cidadão romano (At.22:27). Por isso, tinha dois nomes – Saulo (hebraico Sha'ul - e Paulo (Romano). Portanto, nunca diga que Saulo depois de convertido mudou o nome para Paulo! Ele só fez bom uso do nome romano (Paulo) depois de sua conversão (isso nas viagens).

Vamos agora entender um pouquinho sobre o Título: cidadão romano.

- Esse título só era concedido a alguém que:

1) Nascesse em uma das províncias de Roma cujos pais tivessem o título;

2) Se o império concedesse para algum escravo que lhe prestou relevantes serviços ;

3) Se você tivesse condições de comprar – o título era vendido por uma grande soma de dinheiro (At.22:28).

- Esse título de cidadão romano dava certos privilégios
Por exemplo:
1) um cidadão romano não podia ser crucificado, por isso é que no governo de Nero, Pedro morreu crucificado, enquanto que Paulo foi degolado.
2) Um cidadão romano não podia ser açoitado sem ser condenado (ter sido processado legalmente e julgado culpado). O título dava segurança contra açoitamento e a pena de morte sem julgamento (At 22:23-29);
3) Como cidadão romano, ele era membro oficial da cidade e podia participar da assembléia do povo, da organização e governo da cidade.
4) Ser cidadão romano tinha direito de votar, fazer contratos, ter um casamento legal e isenção de impostos;

Por que o Apóstolo usou o nome Paulo e fazia questão de dizer que ra cidadão romano?

Calvino nos diz que Paulo foi o nome mais usado pelo o apostolo talvez por que
1)Era o nome mais aceitável no império – era o nome de cidadão romano dele. Era o nome que todo mundo respeitava no império – vai mexer com um cidadão romano, vai!
2)Era o nome mais conhecido nas igrejas às quais escreveu,
3)Usou também para evitar excitações dos judeus
4)Usou para sua própria segurança pessoal

Paulo fez bom uso deste título, Por exemplo:

- Duas vezes esse título o livrou das mãos das autoridades. A primeira foi em Atos 16:37-39, lá na cidade de Filipos, quando os pretores o prenderam ilegalmente , e quando souberam que ele era cidadão romano, ficaram cheio de temor, tiveram que pedir desculpa publicamente e o soltaram da prisão. A segunda foi lá em Jerusalém (At.22:23-29); Ali esse título evitou o castigo severamente; Paulo usou para sua proteção física;
- Esse título também o ajudou a defender sua causa perante o tribunal do imperador em Roma (At.25:1-12)

Aplicação
Que lições podemos tirar?

1)Que ele como cidadão romano tinha conhecimento de seus direitos e os requeria na hora certa – usava quando se fazia necessário – fazia bom uso!

2)Existe uma grande diferença entre a concessão do título cidadão romano e cidadão do reino de Deus. Para se adquirir o título de Cidadão do reino de Deus é bem diferente do modo como se adquiria o titulo de cidadão romano. Vejamos esta diferença – Titulo de cidadão do reino de Deus:
a)Esse título você não recebe por causa de seus Pais;
b)Esse título você não recebe por merecimentos – por anos de serviços relevantes prestados; por causa de suas boas obras!
c)Esse título você não pode comprar – Não pode se pagar por ele!

Porque esse título é somente para aquele que Deus soberanamente concede graciosamente em Cristo

3)Ser Cidadão do Reino de Deus também, além dos deveres tem privilégios

a)Você tem livre acesso ao trono do rei do Reino (Ef.2:13-19) – Você tem livre acesso ao trono da graça (Hb.4:16); somos agora filhos amados. Por isso podemos chamá-lo de ABA PAI= Papai ou paizinho (Rm.8:15). Este título garante o nosso relacionamento com Ele;

b)Esse título de cidadão do reino de Deus te dá segurança – primeiro você tem a vida eterna (Jo.3:16, Rom.8:34-9). Segundo, não haverá mais condenação para você (Rm.8:1); e terceiro, você está debaixo do senhorio daquele que é todo poderoso, que está no controle de tudo e prometeu cuidar dos seus súditos – Você agora tem o selo do Rei, ninguém pode te violar e você vai chegar ao seu destino – a glória eterna!

Que Deus nos ajude a fazer bom uso do titulo que Ele nos Deus! – cidadão do reino de Deus. Sejamos bons cidadãos de Deus nesta terra! Em nome de Jesus. Amém!

espero ter ajudado. abraços, rev. Fran

Escrito por Francivaldo Ferreira Pinheiro, em 31 de mai de 2011
Assunto: |

1 Comentário(s) para: O Nascimento de Paulo – At.22:3

  1. Suellen Araujo escreveu:
  2. Gostei muito do artigo.
    Explicações condizentes com as escrituras sagradas.

     

Dicas

Sugestões Para o Controle do Estresse
● Goste de si mesmo;
● Pratique esporte;
● Não sofra por antecipação;
● Fale, converse, troque idéias com alguém sobre os problemas e dificuldades;
● Cultive o bom humor e a alegria;
● Faça algo divertido e que te dê prazer (mas que não vai contra os princípios divinos);
● Faça algum tipo de exercício físico;
● Observe a obra criadora de Deus e o cuidado dele para com ela e com você;

IPB TV

IPBTV

Perfil

Minha foto
Pastor Presbiteriano (IPB). Casado com Aparecida Francisca de Sousa Ferreira. Tem 3 filhos.Teólogo pelo Seminário Presbiteriano Brasil Central (SPBC-Goiânia). Professor de: NT, Discipulado, Missões, Seitas e Heresias. Escritor da "Série Tire as suas Dúvidas"."Espero ser útil e grandemente abençoador". Em nome de Jesus

Rev. Francivaldo e Família

Vídeo

Resumo sobre o trabalho no Chile pelo Rev. João Petreceli

Nuvem de Tags

Bíblia Online

Pesquise na Bíblia
Ex.: graça - Ex.: Gen 1.1-10

Rev. João Petrecelli

Conferência Missionária
IPB Morada da Serra